PIB do estado de SP cresceu o dobro em relação ao PIB do Brasil

No período analisado a agropecuária cresceu no estado de São Paulo 2,8%

05 de novembro de 2019 às 11h00

Nosso bumbo sempre toca forte na batida de discutir o crescimento do PIB do Brasil. E uma notícia que pode passar despercebida é o fato de que, o PIB do estado de São Paulo entre agosto de 2018 e agosto de 2019 cresceu 2%.

Em contrapartida, as melhores projeções para o crescimento do PIB do Brasil apontam para 1%.

Ou seja, o estado de São Paulo está crescendo o dobro do país!
Mas e o agronegócio, o que tem a ver com isso?

Muito. No período analisado a agropecuária cresceu no estado de São Paulo 2,8%, e quando fomos olhar o Índice de Confiança do Agronegócio (IC Agro) calculado pela Fiesp/OCB no terceiro trimestre deste ano, ele voltou a subir.

Ficou acima de 100 pontos. Pela metodologia, quando isso ocorre, significa otimismo. Outro fator importantíssimo dessa notícia: o segmento do agronegócio que revelou mais otimismo na pesquisa foram as empresas que atuam depois das porteiras das fazendas, as agroindústrias, consequentemente os clientes dos produtores rurais. Logo, uma coisa a ver com a outra.

O PIB do estado de São Paulo representa 1/3 do PIB total do país. Cresceu o dobro do Brasil.

O setor agropecuário cresceu 2,8% e o Índice de Confiança da Agroindústria está elevado… o maior de todos.

A pergunta poderia ser então: “Por que?”

O câmbio, a proteína animal puxada pela crise na China, os preços dos grãos, a relação de trocas com os insumos, todo esse cenário vale para o país todo.

Mas fica aqui a curiosidade: por que estamos crescendo o dobro do país no estado de São Paulo?

Temos acompanhado um esforço de trabalho muito entrosado entre o conselho superior do agronegócio (Cosag), da Fiesp, com o Secretário da Agricultura, Gustavo Diniz Junqueira, e as iniciativas do Governador de SP, João Doria, na busca de negócios internacionais com visão de agribusiness, incluindo nisso o Renovabio.

Ou seja, São Paulo pode estar crescendo mais por ação de gestão e diálogo entrosado entre a iniciativa privada com o governo.

Esse é o único caminho para fazer o PIB brasileiro crescer 4% ao ano. Iniciativa privada organizada é o fator para o crescimento.

Dobra o agro, Brasil!